De CU para a lua…,  do Nelson Motta

De CU para a lua…, do Nelson Motta

Foi uma live com Nelsinho e a Martha Medeiros, que me motivou a comprar o livro, para ler neste início de ano. Precisava de algo bem escrito, leve, e que me fizesse relembrar um tempo bom do passado. Bossa nova, espetáculos, Ipanema e Leblon, era um bom começo.

Histórias, nome de músicos, compositores e interpretes, que fizeram as décadas de 60, 70 e 80, o cenário da Bossa Nova e da Tropicália e o que chamo do rock brasileiro.

A biografia de um cara de sorte, que soube criar a sorte e aproveitá-la bem. Um cara que soube deixar a sua marca e seu talento no teatro, nos livros nos shows e nas músicas cantadas pelos que fizeram estes longos tempos.

As histórias mostram a importância dos relacionamentos. Foi sempre para ele uma forma de viabilizar suas ideias e projetos. Quase um modelo a seguir para quem quer prosperar nos negócios, nas artes e na sociedade. Tudo isso, sem perder a sua identidade. Um fator de sorte.

Umas máximas do pai, o Nelsão:

  1. “Cruzou o seu caminho e pediu ajuda, tem que ajudar”;
  2. “Fazer o que tem que ser feito”;
  3. “Quem recebeu mais, tem que dar mais…”.

Quase no final, uma linda declaração de amor de Drica, sua atual mulher:

” De mansinho, de levinho, com jeitinho, carinho, respeito, admiração e mútuo desejo, deu-se o amor! E antes mesmo do amor acontecer, eu, entorpecida em meus sonhos, disse para o Cara lá de Cima que o que eu mais queria era te fazer bem… Acredito que ele acreditou em mim e me presenteou com você! Obrigada por cada segundinho junto de ti! Beijos, cheio de amor, carinho e desejo, do jeito que a gente gosta!

Que gran finale, não?

 

RL

Aracajú, 1fev21

Graduado e Pós-Graduado pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, é especialista em Marketing, Estratégia, Modelagem e Estruturação de Negócios, no Brasil e em Portugal, através da B4-Business Solution. Foi professor de Estratégia e Marketing da Universidade de Pernambuco. Luso-brasileiro, vive em Portugal desde 1996. De lá para cá, percorreu cada canto do país, conhecendo e vivenciando tudo aquilo que Portugal oferece de melhor. É apaixonado por este país de uma dimensão cultural muito maior que o seu tamanho geográfico e populacional. É co-fundador e gestor do PortugalSim.

Deixar uma resposta