O não desaparecimento de Maria Sombrinha

“Deu-se o caso numa familia pobre, tão pobre que nem tinha doenças. Dessas em que se morre mesmo saudável.Não sendo pois espantável que essa narração acabe em luto. Em todo o mundo, os pobres têm esta estranha mania de morrerem muito. Um dos mistérios dos lares famintos é falecerem tantos parentes e a família aumentar cada vez mais. ”

Mia Couto

Do livro Contos do nascer da terra

Renato 01B

 

Graduado e Pós-Graduado pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, é especialista em Marketing, Estratégia, Modelagem e Estruturação de Negócios, no Brasil e em Portugal, através da B4-Business Solution. Foi professor de Estratégia e Marketing da Universidade de Pernambuco. Luso-brasileiro, vive em Portugal desde 1996. De lá para cá, percorreu cada canto do país, conhecendo e vivenciando tudo aquilo que Portugal oferece de melhor. É apaixonado por este país de uma dimensão cultural muito maior que o seu tamanho geográfico e populacional. É co-fundador e gestor do PortugalSim.

One thought on “O não desaparecimento de Maria Sombrinha

Deixar uma resposta