Sobre o silêncio

“Para dominar a arte de viver em silêncio, e conquistar o estado de não-mente, não basta tentar. Se você tentar você nunca irá conseguir. Há que se ter uma verdadeira paixão pelo silêncio. Só assim se sentirá atraído por ele. Quando isso acontece, o vazio silencioso, aquilo que está além da sua mente o atrai e o absorve por completo. Ao se sentir absorto internamente no silêncio, constatará que está completamente livre. Totalmente liberto da sua cabeça e de toda estória dramática contada por ela. Pela primeira vez será capaz de viver de verdade. A liberdade não é o fim, e sim o começo”.

Tantra Yoga

 

Renato 01B

Graduado e Pós-Graduado pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, é especialista em Marketing, Estratégia, Modelagem e Estruturação de Negócios, no Brasil e em Portugal, através da B4-Business Solution. Foi professor de Estratégia e Marketing da Universidade de Pernambuco. Luso-brasileiro, vive em Portugal desde 1996. De lá para cá, percorreu cada canto do país, conhecendo e vivenciando tudo aquilo que Portugal oferece de melhor. É apaixonado por este país de uma dimensão cultural muito maior que o seu tamanho geográfico e populacional. É co-fundador e gestor do PortugalSim.

2 thoughts on “Sobre o silêncio

  1. Comungo com essa maneira de viver! Adoro o silêncio! Me dá a oportunidade de me sentir, sentir o mundo, sentir a vida sem interferências…
    Necessito de mim! Do encontro comigo mesma, de minha egoísta compainha…

    1. O silêncio é essencial. Em silêncio e com a mente quieta, libertamos a nossa energia e sensibilidade sutis..>e aí vem toda a diferença. È por isso que quando esta situação ocorre, ficamos com uma sensação de paz e inteireza inigualáveis. É por isso que nesse estado mental e energético, ficamos um pouco maís sábios, pois nos abrimos à “inteligência não-local”…a “energia” dispersa no universo…. Bjs

Deixar uma resposta