Submissão – Michel Houellebeco

Um livro muito atual, em função dos recentes acontecimentos ocorridos em Paris. Retrata a França em 2022, com a vitória num segundo turno acirrado de Mohammed Ben Abbes, nas eleições presidenciais.

Estes trechos abaixo, com alguma abstração, lembram o Brasil de hoje. Como o PT instalou-se no poder…

“O mais espantoso era que a magia hipnótica que o presidente disseminava desde o início continuava a funcionar, e seus projetos não esbarravam em nenhuma oposição séria.. A esquerda sempre tivera essa capacidade de fazer com que fossem aceitas reformas antissociais que teriam sido vigorosamente rejeitadas se viessem da direita; contuso, ao que parece, o partido muçulmano era ainda melhor nisso”.

E esta outra, como o povo deveria se comportar… ” Quando o governo viola os direitos do povo, a insurreeição é, para o povo, e para cada porção do povo, o mais sagrado dos direitos e o mais indispensável dos deveres”

RL

Renato 01B

Graduado e Pós-Graduado pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, é especialista em Marketing, Estratégia, Modelagem e Estruturação de Negócios, no Brasil e em Portugal, através da B4-Business Solution. Foi professor de Estratégia e Marketing da Universidade de Pernambuco. Luso-brasileiro, vive em Portugal desde 1996. De lá para cá, percorreu cada canto do país, conhecendo e vivenciando tudo aquilo que Portugal oferece de melhor. É apaixonado por este país de uma dimensão cultural muito maior que o seu tamanho geográfico e populacional. É co-fundador e gestor do PortugalSim.

Deixar uma resposta