Uma ditadura “travestida” de democracia

Desculpem se vou pegar forte, mas o Brasil de hoje é o país do faz de conta. É que nem um travesti com corpo de homem querendo ser mulher. São  muitos os exemplos, mas neste momento crucial da nossa República, que mostram o quanto estamos todos enganados.

Todos bradam que na nossa democracia ninguém toca…Nós conquistamos e ninguém nos tira.

Que bonito !!!   Mas qual democracia? Toda a administração pública, direta ou indireta, está mergulhada em corrupção, propinas e conchavos. O Congresso Nacional legisla hoje para salvar a pele dos deputados e senadores também mergulhados num mar de lama. E fazendo conchavos com o Judiciário – na figura máxima do STF – para salvar a pele deles todos. O 4º poder – a imprensa – com raras exceções, faz jogo de cena,  misturando-se neste saco de gato que virou o nosso país. Responda sinceramente: Você acha que são eles que vão consertar o Brasil? Alguém está olhando para os interesses do país e dos brasileiros? Acorda cara, ou você é daqueles que acha que o Brasil é o país do futuro? Pelo jeito, se não implodir, sempre será.

Democracia pressupõe independência entre os poderes e não esta farsa, esta chacota que virou o nosso país. Uma ditadura travestida de democracia.

Acordem brasileiros. Vivemos numa ditadura – a CORRUPTOCRACIA – que vem grassando e dilapidando o nosso país lá  de bem longe. É certo que o PT vulgarizou, mas as coisas são um pouco mais complicadas.

Por que o PSDB, liderado pelo FHC deixou lulla governar o Brasil e montar esta maracutaia toda, sem fiscalizar, sem ser oposição, sem denunciar? O PSDB tinha tido uma expressiva votação e eram políticos experientes…A única resposta que me vem à mente é que foi feito um acordo.  O PT não olhava para os desmandos anteriores, e o PSDB fazia olhos e ouvidos de mercador dali para a frente. E o PT montava com o PMDB e os partidos nanicos, que foram crescendo aos poucos, a roubalheira da geleia geral brasileira. Vocês se recordam da posição do PSDB no mensalão? Foi digna de um partido de oposição? Aí veio o Roberto Jefferson e abriu a boca, e estragou tudo.

Não podemos nem devemos aceitar acordos. Que se encham as prisões com todos estes bandidos. Que se inibam nas próximas eleições as candidaturas de quem exerceu algum cargo do executivo e do legislativo e seus familiares nos últimos 20 anos. E que seja trocado todo o judiciário. Vai doer, mas vai valer a pena. Não pode ficar ninguém. Se ficar, mela.

Não sejamos ingênuos mais uma vez.

Graduado e Pós-Graduado pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, é especialista em Marketing, Estratégia, Modelagem e Estruturação de Negócios, no Brasil e em Portugal, através da B4-Business Solution. Foi professor de Estratégia e Marketing da Universidade de Pernambuco. Luso-brasileiro, vive em Portugal desde 1996. De lá para cá, percorreu cada canto do país, conhecendo e vivenciando tudo aquilo que Portugal oferece de melhor. É apaixonado por este país de uma dimensão cultural muito maior que o seu tamanho geográfico e populacional. É co-fundador e gestor do PortugalSim.

4 thoughts on “Uma ditadura “travestida” de democracia

  1. Muito lúcidas suas colocações, Renato. Temos que tirar esses corruptos todos das entranhas da República. Afastar todos eles do Paralamento e do Senado.
    Sinceramente, estou cansada dessa sujeira toda. Cansei. Não aguento mais ficar no meio desses dois fogos cruzados. Cansei. Sei que temos responsabilidades, pensando no filósofo italiano Antonio Gramsci, como elite intelectual, de mudar este pais, lamentavelmente, de analfabetos e de estúpidos; e que por isso são facilmente manipulados. Cansei. Gostaria de pegar um avião e ir para o polo norte; e só voltar quando essa farra toda acabar. O pior de tudo é que não sabemos quando essa sujeira toda vai acabar, se é que acabará um dia. Então sabemos se vai sobrar alguém para apagar a luz.
    Pobre Brasil. Sempre enganado, sempre tão explorado. A minha esperança está fazendo as malas.

  2. Excelente texto, Renato.
    Por mais que tenhamos uma consciência de luta, parece que tomamos um boa noite Cinderela. Adormecemos, falta-nos forças para reagir e o coração dilacerado.
    O tempo passa e o coma toma conta da nação.

Deixar uma resposta